Itaquá já tem sua rainha e peão de boiadeiro

Em clima de muita torcida e alegria, foi realizado no sábado (dia 18) à noite, no Chapadão Show, o concurso para a escolha da rainha e do peão da XIV Festa de Peão de Boiadeiro e Cavalgada que vai ocorrer nos dias 6, 7, 8 e 9 de setembro. A disputa foi acirrada entre as 26 candidatas e os seis rapazes, mas quem acabou levando o título de rainha foi Jeniffer Amorim, 22 anos, e o de peão ficou com Thiago Soares, 23 anos. Já o título de 1ª princesa foi para Daiane Aparecida da Silva e o de 2ª princesa ficou com Natalia de Souza Menezes. “Ganhar este concurso é uma sensação única e realmente eu não esperava, pois as meninas estavam todas muito bonitas. Mas eu me dediquei muito e o resultado está aí”, disse Jeniffer emocionada. “Estou muito feliz e agora que sou o peão vou representar a cidade com toda a grandeza que esse título merece”, afirmou Thiago.

Segundo previsão da Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (SMTC), cerca de 500 pessoas, de vários bairros, estiveram prestigiando o evento e torcendo por seu representante como foi o caso de Thiago Soares, que acabou vencendo o concurso, mas que já contava com torcida organizada e faixa. O comerciante Alexandre Feijó estava bem animado na torcida por Jeniffer Amorim. “Para mim ela vai ganhar por sua simpatia e comunicação”, disse ele, antes dela conquistar o título. Na opinião de Feijó, “o concurso cresceu muito em organização e qualidade e isto é muito bom tanto para a cidade, quanto para a festa, pois significa credibilidade”. O peão do ano passado, Joeli de Ávila Alves, também estava na plateia, aguardando para passar a faixa ao sucessor. “O concurso neste ano está com maisespaço e melhor organização”, avaliou ele.



A fim de que os jurados pudessem avaliar os quesitos beleza, simpatia e desenvoltura, os candidatos se apresentaram primeiramente com traje social, depois com traje country, passaram ainda pela entrevista individual e o evento foi fechado com uma coreografia, reunindo todos os candidatos e empolgando a plateia. Para o carnavalesco Jorge Freitas da Escola de Samba Rosas de Ouro, da Capital, integrante do júri, não foi uma escolha fácil. “Justamente por você ter muitos candidatos com boas qualidades, realmente se torna muito mais difícil a escolha”, afirmou Freitas.

Além dele, formaram o júri os seguintes convidados: a coordenadora de uma ONG cultural, Anari Alves de Araújo, e o cabeleireiro e promoter, Luiz Emídio, ambos de Arujá; o diretor de Comunicação da Escola Rosas de Ouro, Evandro Souza; o fotógrafo Hamilton Penna e a atriz e cantora Magali Geara, os dois da Capital; e o produtor de eventos, Geraldo Ribeiro, de Suzano. O secretário municipal de Cultura, Jandir Jorge Souto, estava satisfeito com os resultados do evento. “Os diferenciais em relação ao ano passado, é que estamos num espaço maior, com estrutura um pouco melhor, excelente iluminação, os candidatos estão maravilhosos, a casa nos recebeu muito bem, contamos com vários parceiros e, é claro, também com o apoio do prefeito Armando Tavares Filho”, informou o secretário.

E mais uma vez a Secretaria Municipal de Cultura e Turismo (SMTC) foi a responsável pela organização e produção desse concurso que, pela segunda vez neste ano, fez questão também de eleger o peão da festa. “Um dos pontos fortes do evento foi a escolha do peão”, afirma a jurada Magali Geara. Como sempre, todos os profissionais da SMCT se empenharam ao máximo na realização do evento como foi o caso da apresentadora Nena Mar, entre outros. Lembrando que os candidatos passaram por ensaios durante toda a semana anterior ao concurso, visando garantir a qualidade do espetáculo.

Fonte: Prefeitura Municipal de Itaquaquecetuba





Deixe seu comentário